Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #

A semeadura determina a colheita

  |  Pr. Sérgio Fernandes (insta @manadamanha)

Eclesiastes 3:2 - Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;

A vida humana compreende um ciclo de nascer e morrer, como Salomão afirmou em Ec 3.2, mas no mesmo verso está afirmado que “há tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou”.

A reflexão do sábio não é apenas a de que nascemos para morrer, mas que também iremos colher tudo aquilo que plantarmos. Que notícia incrível e preocupante ao mesmo “tempo” (inevitável essa brincadeira). Ser humano é viver uma experiência cíclica de semeadura e colheita sem fim, até o final da vida. Semeamos através

de nossas atitudes e colheremos o resultado delas.

Por vivermos em um universo criado por um Deus que é justo e que trará a juízo toda a obra (Ec 12.14), a qualidade da semente determina o tipo de colheita. Por isso, o homem e a mulher de fé devem plantar “no tempo”, para colherem “no tempo”.

Algumas situações que você vive hoje refletem boas e más sementes que você plantou no passado. E, a partir de agora, a sabedoria te inspira a plantar com mais qualidade, a fim de colher melhor no futuro que Deus ainda tem planejado para você!

Por que nos escondemos do Senhor?

  |  Pr. Olavo Feijó

Gênesis 3:10 - E ele disse: Ouvi a tua voz soar no jardim, e temi, porque estava nu, e escondi-me.

Enquanto o primeiro casal humano viveu em obediência às orientações do Criador, tudo ocorreu abençoado, por causa da paz do Senhor no coração do homem e da mulher. Aos poucos, Adão e Eva começaram a desconfiar que o Senhor não os queria livres, vivendo do jeito que lhes parecesse melhor. O não comer da “árvore que está no centro do jardim” foi uma forma simbólica, usada pelo Senhor, para ensinar aos seres humanos que a vida correta saudável, aprovada por Deus, exige disciplina espiritual.

Por que nos escondemos do Senhor, quando vivemos em desobediência espiritual? Porque nossos olhos, que foram abertos para “ver” a Deus, passam a ficar nublados. Aí, ao invés da intimidade total com Deus, que podemos desenvolver com confiança e alegria, nossa vaidade e egocentrismo nos convencem de que o Senhor é preconceituoso e não nos aceita, em função de nossas imperfeições e crendices.

Quando Deus criou o ser humano, ficou muito satisfeito: “viu que era muito bom” (Gênesis 1:31). A grande diferença entre o ser humano e todos os outros animais foi “a imagem e semelhança” (Gênesis 1:26) - o que, dentre outras interpretações, pode significar a capacidade de também dizer “não” ao convite do Senhor. A Bíblia declara que o Cristo nos ensina a dizer “sim” ao Senhor: “A vida eterna é esta: que Te conheçam como o único Deus verdadeiro e a Jesus Cristo, a Quem enviaste” (João 17:3). Com Cristo, não nos escondemos do Senhor, por ter conhecido a imensa qualidade espiritual de viver em comunhão com Ele.