Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #

Tu podes limpar-me

  |  Pr. Olavo Feijó

Mateus 8:2 - E, eis que veio um leproso, e o adorou, dizendo: Senhor, se quiseres, podes tornar-me limpo.

Após o “Sermão do Monte”, um homem leproso pediu a Jesus para ser curado. “Aproximando-se um leproso, adorava-O dizendo: Senhor se quiseres bem podes tornar-me limpo. Jesus, estendendo a mão tocou-o dizendo: quero; fica limpo” (Mateus 8:3).

Cristo tem poder para nos santificar. Não somente Ele pode: Ele quer. O Senhor tem prazer em nossa companhia e nos ajuda a ter comunhão com Ele. O Senhor, porém, não nos obriga a obedecê-Lo, ou a amá-Lo. Por esta razão, por causa da rejeição dos nazarenos, “Jesus não fez ali muitos milagres” (Mateus 13:58).

Cristo quer santificar a nossa vida. Ele coloca à nossa disposição Seu poder e Seu amor. O Senhor nunca nos obriga. Ele diz: “Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa – cearei com ele e ele comigo” (Apocalipse 3:20). O Senhor quer entrar em nossa vida e produzir saúde espiritual. Basta que abramos a nossa porta e O convidemos para entrar.

Despertar para uma nova vida com Deus

  |  Pr. Sérgio Fernandes (insta @manadamanha)

Mateus 1:21 - E dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.

José não foi um simples coadjuvante nessa história do nascimento de Jesus. Observar a sua jornada pessoal é algo inspirador, porque a chegada de Jesus no mundo afetou de modo permanente não apenas a vida de Maria, mas a dele também. Como lidar com a gravidez repentina de sua noiva, antes de ter coabitado com ela (Mt 1.19)? José se viu cercado de pensamentos diversos e conflitantes, até que em sonho, um anjo lhe aparece e lhe esclarece o cenário esplendoroso: aquele menino que Maria carregava consigo havia sido gerado pelo Espírito Santo e salvaria o povo dos seus pecados (vv.20,21).

Estive pensando nesse texto e refletindo sobre o motivo de José não ter cogitado que algo dessa natureza estivesse acontecendo. Ele era judeu, conhecia as Escrituras e as promessas sobre a vinda do Messias. Será que em nenhum momento lhe passou na cabeça que aquilo estivesse acontecendo? Foi pensando nisso que o texto do vv.24 me saltou aos olhos, pois ali lemos que José “despertou do sono e fez como lhe ordenara o Senhor”. José despertou duas vezes: obviamente, ele dormia, pois a mensagem que recebeu veio por um sonho (vv.20). Mas ele também estava sonolento na sua esperança, precisando ser despertado por Deus para poder finalmente encontrar o seu lugar no plano eterno que Ele havia traçado!

José desempenhou um papel gracioso depois que “despertou” e foi fundamental naquilo que Deus havia se proposto a fazer por intermédio de Jesus. Que eu e você despertemos também e encontremos o nosso papel e o nosso espaço na grande obra do Senhor. Que Ele te abençoe!