Estudos bíblicos diáriosDevocionais
BUSCA POR DEVOCIONAIS
PALAVRA-CHAVE
AUTOR
TÍTULO
BASE BÍBLICA
DATA DE PUBLICAÇÃO
Entre
e
POR ORDEM ALFABÉTICA
A B C D E F G H I J K L M N
O P Q R S T U V W X Y Z #

Devocionais

Pr. Olavo Feijó
 Gotas Bíblicas

Trabalhar No Senhor É Sempre Útil

  |  Pr. Olavo Feijó

1 Coríntios 15:58 - ¶ Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.

Há trabalhos forçados, que nos humilham. E há trabalhos inúteis, que nos desanimam. Quanto a ser um obreiro de Cristo, Paulo dá seu testemunho: “Portanto, meus amados irmãos, mantenham-se firmes e que nada os abale. Sejam sempre dedicados à obra do Senhor – pois vocês sabem que, no Senhor, o trabalho de vocês não será inútil” (I Coríntios 15:58).

A afirmação do apóstolo se encontra no contexto da nossa ressurreição. Isto é, no contexto da grande vitória do Cristo, sobre a morte. Só que o impacto da vitória cósmica de Cristo não se limita ao futuro. Começou, historicamente, com a própria ressurreição de Jesus e inaugurou, aqui e agora, o processo de nossa vitória espiritual, que culminará na ressurreição de cada um de nós. O que quer que façamos, no contexto da vitória de Cristo, tem a garantia de ser útil e boa.

O mundo, orientado por Satanás, prega o contrário. O mundo nos diz que perdemos nosso tempo, quando obedecemos Jesus. E ri de nós, quando nadamos contra a corrente. O alerta de Paulo pretende reanimar os cristãos que têm sido machucados em suas próprias igrejas e que têm sido desiludidos, pelo mau exemplo dos seus líderes. Diante de tanta tristeza, Paulo sublinha: no Senhor. A pregação baseada no Senhor. O comportamento diário no Senhor. As feridas curadas no Senhor. Quem vive na comunhão do Senhor diz um grande amém à garantia dada por Paulo: nosso trabalho, no Senhor, não será inútil!


Pastor Sérgio Fernandes
 Palavra Que Transforma

Reflexões em 2 Coríntios - Ofertar com alegria

  |  Pastor Sérgio Fernandes

2 Coríntios 9:7 - Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.

Ao recomendar aos irmãos a participação nessa coleta, Paulo os recorda de uma verdade preciosa: Deus ama aqueles que ofertam com alegria. Deus não precisa do meu dinheiro, mas o meu irmao necessitado precisa. deus não precisa da minha oferta, mas a igreja onde congrego paga água, luz e impostos, ela precisa. Deus não precisa dos meus dízimos, mas com eles nossas igrejas podem abrir novos pontos de culto e auxiliar no amparo aos ministros que tem dedicado suas vidas pela proclamação do evangelho.

Por isso, ao ofertar, precisamos inundar nosso coração com um sentimento de gratidão a Deus. Tudo o que temos vem dEle. Quando ofertamos, não estamos dando o que é nosso, estamos dando aquilo que é dEle e que Ele nos deu para administrarmos. Por isso, não podemos ofertar com tristeza (se temos, é porque Ele tem cuidado de nós) e nem por obrigação (pela força do hábito e não pela força da gratidão). Oferte, invista e dizime sempre com alegria. Palavras de um ofertante e dizimista que tem visto o cuidado generoso de Deus em todas as coisas.

----------------------------------------------------------

Deus tem uma palavra ao seu coração! Assista já essa

série de reflexões bíblicas pelo Pastor Sérgio Fernandes

http://bit.ly/1yl3e1A