Estudos bíblicos diáriosDevocionais
BUSCA POR DEVOCIONAIS
PALAVRA-CHAVE
AUTOR
TÍTULO
BASE BÍBLICA
DATA DE PUBLICAÇÃO
Entre
e
POR ORDEM ALFABÉTICA
A B C D E F G H I J K L M N
O P Q R S T U V W X Y Z #

Devocionais

Pr. Olavo Feijó
 Gotas Bíblicas

A Medida Do Dom De Cristo

  |  Pr. Olavo Feijó

Efésios 4:7 - Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo.

O cristianismo é apresentado por Paulo como um padrão consciente e voluntário de viver. Por isso, cristãos são ensinados a “viver em Cristo” e, não, a apenas repetir práticas “religiosas” que nada nos valorizam espiritualmente. “Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo (Efésios 4:7).

A revelação bíblica nos ensina que “desde antes da criação do mundo” o Senhor quis transformar simples criaturas humanas em “filhos de Deus”. Esta capacitação, diz o Evangelho de João é conferida a todos os humanos que aceitam Jesus como o Cristo, o Filho Único, através de quem o Criador vai chegar ao ponto definitivo da Sua obra, com o “novo céu e a nova terra”. Todo humano que exercita esta fé transforma-se em parte integrante do “corpo de Cristo”, já que “Cristo é tudo em todos”.

Pertencemos à família de Cristo. Somos membros do “corpo de Cristo”. Consequentemente, cada um de nós recebe, quando aceita a Cristo, uma função própria, um dom a ser desenvolvido. Quando a Bíblia declara que “ninguém vive para si ou morre para si”, ela está reafirmando o significado orgânico de “viver em Cristo”. Ninguém é mais importante que ninguém. Ninguém é menos importante que ninguém. Em Cristo, somos todos dotados, todos valorizados, todos responsabilizados. É a medida do dom de Cristo.



Pastor Sérgio Fernandes
 Palavra Que Transforma

Reflexões em 2 Coríntios - Simplicidade e sinceridade

  |  Pastor Sérgio Fernandes

2 Coríntios 1:12 - ¶ Porque a nossa glória é esta: o testemunho da nossa consciência, de que com simplicidade e sinceridade de Deus, não com sabedoria carnal, mas na graça de Deus, temos vivido no mundo, e de modo particular convosco.

Paulo havia passado dezoito meses com os irmãos coríntios. Com respeito a esse período, ele afirma com segurança: "com simplicidade e sinceridade de Deus, não com sabedoria carnal, mas na graça de Deus, temos vivido no mundo e maiormente convosco" (vv.12). Toda a dedicação de Paulo a essa igreja não teve como motivação razões carnais ou vanglória, mas a glória de Deus. Com qual motivação você tem servido ao Senhor?

Muitos são os que servem ao Senhor pelo simples desejo de preeminência. Querem subir, galgar posições, alcançar prestígio, e para chegarem nesse patamar, atropelam seus irmãos, manipulam situações, prometem indicações e coisas parecidas. Pensam que podem fazer na carne aquilo que somente deverá vir pela graça de Deus. Tolos, poderão conquistar posições na terra, mas perderão sua posição no céu. O cristão verdadeiro anda como Paulo: na simplicidade (sem pompa ou vanglória) e na sinceridade (sou o que sou, sem fazer de conta). Esses, o Eterno colocará onde Ele quer, e jamais perderão seu lugar no Reino, na presença de Deus e do Cordeiro.

--------------------------------------------------------

ASSISTA PREGAÇÕES E ESTUDOS DO PASTOR SÉRGIO FERNANDES

https://www.youtube.com/user/pastorsergiofernande