Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Pr. Sérgio Fernandes (instagram @pastorserginho)
Palavra Que Transforma

Deus abre o coração para que creiam!

  |  Pr. Sérgio Fernandes (instagram @pastorserginho)

João 6:44 - Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou o não trouxer; e eu o ressuscitarei no último dia.

Operando Deus, quem poderá impedir? Assista ==> www.cutt.ly/5EdDIk4

E importante, contudo, frisarmos que o homem no estado do pecado, seja ele um eleito ou não, resistirá em alguma medida as ações do Espírito. Uma pessoa que tenha sido predestinada à salvação poderá passar toda a sua vida resistindo, até que o Espírito faça ao seu coração o chamado eficaz. Vejamos alguns textos bíblicos que nos mostram essa realidade.

"Povo rebelde, obstinado de coração e de ouvidos! Vocês são iguais aos seus antepassados: sempre resistem ao Espírito Santo! Atos 7:51

O homem no estado do pecado faz resistência contínua aos impulsos do Espírito. Mas a Bíblia afirma que há o momento específico em que o Espírito faz o chamado eficaz e quando ele ocorre, as resistências humanas são desfeitas e este é vivificado para compreender o evangelho e crer no Salvador. Nesta obra, o Espírito opera a regeneração no coração do homem antes mesmo de perdoá-lo e justificá-lo. Somente vivificado o homem pode crer. E quando crê, o Espírito lhe credita os méritos da obra de Cristo.

Quando o chamado eficaz é feito, os pecadores mortos em delitos e pecados são vivificados e vem à Cristo, a fim de receberem a salvação.

“Ninguém pode vir a mim se o Pai, que me enviou, não o trouxer; e eu o ressuscitarei no último dia. Está escrito nos profetas: E serão todos ensinados por Deus. Portanto, todo aquele que da parte do Pai tem ouvido e aprendido, esse vem a mim.” João 6.44-45
Pr. Olavo Feijó
Gotas Bíblicas

Nós pensamos como Cristo

  |  Pr. Olavo Feijó

1 Coríntios 2:16 - Porque, quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo.

O termo "cristão" foi um apelido que os "seguidores do caminho" passaram a receber daqueles que criticavam a pessoa e a pregação de Jesus, o Cristo. "Foi em Antioquia que, pela primeira vez, os seguidores de Jesus foram chamados de cristãos" (Atos 11:26).

Escrevendo aos cristãos da cidade de Corinto, Paulo nos revela: "Quem pode conhecer a mente do Senhor? Quem é capaz de Lhe dar conselhos?" (I Coríntios 2:15).

A mensagem que temos para o mundo, então, não deve ser a de um sistema filosófico diferente e sofisticado. Nossa pregação deve ser nosso simples testemunho, resultante da obra do Espírito Santo em nós, tornando-nos "parecidos com Cristo". A conclusão do raciocínio teológico de Paulo foi: "Nós pensamos como Cristo pensa" (I Coríntios 2:16). Quanto mais bíblica for nossa mensagem, mais reveladora será do poder e do amor de Jesus Cristo por nós.