Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #

Pescadores de pessoas

  |  Pr. Olavo Feijó

Mateus 28:19 - Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;

O tempo que dedicamos às nossas atividades profissionais – sejam elas formais ou avulsas – excede em muito ao tempo que dedicamos a todas as outras práticas, sejam elas pessoais ou sociais. Jesus sabia disso. Consequentemente, no Seu projeto de estabelecer o Reino de Deus na Terra, achou por bem dar um treinamento especial e mais íntimo a um grupo de seguidores, a que a Bíblia identificou como “apóstolos”.

Nossa vocação, como discípulos de Jesus, é compartilhar as “boas novas” da vida eterna “a toda criatura” (Mateus 28:19). Isto significa dizer que nossa vocação cristã não tem limites, sejam eles geográficos ou culturais.

Jesus praticou a mensagem que nos anunciou: ao invés de compartilhar Sua vida apenas com os amigos e simpatizantes, dedicou-se a amar os antipáticos e os inimigos. Sua lógica espiritual foi: “são os doentes que precisam de médico, não são aqueles que têm boa saúde. Meu propósito é convidar os pecadores a se arrependerem dos seus pecados, e não gastar meu tempo com aqueles que acham que já são gente muito boa...” (Lucas 6:31. É para ser este tipo de “pescador” que Cristo nos envia e nos prepara, ungindo-nos com o conhecimento e o poder do Seu Espírito.

Filhos de Deus

  |  Pr. Sérgio Fernandes (instagram @pastorserginho)

Efésios 1:5 - E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade,

Gravei esse vídeo falando sobre o propósito de sermos filhos de Deus. Assista! www.cutt.ly/8dGDVdR

Além disso, é plano de Deus a nossa adoção, por meio de Jesus Cristo. Segundo a Escritura, a igreja foi predestinada para participar da família divina (Ef 1.5). Isso é incrível! Deus não apenas perdoou nossos pecados, como também nos tornou parte de sua família. Nós, miseráveis pecadores, fomos feitos pelo poder do evangelho filhos e filhas de Deus, perdoados e transformados pela graça. Aleluia!

Esse plano bendito torna possível, nessa nova identidade, a nossa transformação diária pela ação interior e invisível do Espírito Santo. A justiça de Cristo que nos foi creditada vai formando em nós o caráter de Cristo e, embora não sejamos perfeitos nesta vida, a graça vai aperfeiçoando nossa santidade, até que findem os nossos dias. O que a graça começou, a graça irá terminar!