Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #

Seis coisas que o Senhor aborrece - Olhos Altivos

  |  Pastor Sérgio Fernandes

Provérbios 6:17 - Olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente,

Os versículos 16 a 19 do capítulo seis de provérbios traz uma lista bastante interessante de coisas que Nosso Pai Celestial aborrece (e uma que Ele abomina).

A primeira delas são os olhos altivos. Sabe o que significa isso?

A altivez é um sentimento tipicamente humano, de uma pessoa sentir-se superior as outras, agindo com soberba, arrogância e presunção. Os olhos altivos aqui significam a mesma coisa que olhar alguém “de cima pra baixo”, desdenhando a pessoa, seja por sua simplicidade ou pela aparência física.

Esse sentimento orgulhoso afasta de nós a nossa própria consciência de que precisamos da graça de Deus e, com isso, progressivamente nos afasta dEle. O orgulho afasta as pessoas; a humildade, entretanto, os une (Henri Lacordaire). A Bíblia afirma que Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes!

Se você precisa da graça, é primordial abandonar os olhos altivos e toda presunção!

Pense nisso!

Fome e sede de justiça

  |  Pr. Olavo Feijó

Mateus 5:6 - Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;

Por detrás de quase todas as guerras e revoluções, na história do mundo, encontramos os relatos daqueles que se revoltaram, em função do desrespeito e da injustiça. Faz sentido, então, na relação das mensagens revolucionárias que Jesus pregou, no Seu Sermão do Monte, constatar Seu grande desafio: “Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, pois eles serão satisfeitos” (Mateus 5:6).

A injustiça é filha do pecado. Exatamente porque Jesus veio ao mundo para vencer o pecado, a Bíblia afirma que nosso desafio é o acreditar no poder redentor do Cristo. Esta, aliás, foi a mensagem de João Batista, o precursor, quando apresentou Jesus: “Vejam! Este é o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!” (João 1:29).

A mensagem de Jesus, então, é direta e simples: pela fé na Sua pessoa e na Sua mensagem, nossa fome e sede de justiça encontra satisfação completa e justiça definitiva. O segredo da perfeita “bem-aventurança” se encontra em nossa submissão ao senhorio de Jesus. Eis nosso salto de fé. Como disse Pedro: “Para iremos nós? Tu tens as palavras de vida eterna. Nós cremos e sabemos que és o Santo de Deus” (João 6:68).