Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #

Temos praticado o que Ele nos ensinou?

  |  Pastor Sérgio Fernandes

Lucas 22:50 - E um deles feriu o servo do sumo sacerdote, e cortou-lhe a orelha direita.

Imagina que você acaba de ser ensinado a fazer alguma coisa específica. Na primeira oportunidade de colocar a teoria em prática, você age frontalmente contra aquilo que aprendeu. E descobre que tinham razão, o outro jeito não dá certo! Essa possibilidade está estampada no episódio em que Pedro corta, com a espada, a orelha do sumo-sacerdote.

Queridos, a intenção dele não era acertar a orelha. Por certo, Pedro mirou no pescoço, mas errou. Jesus observa com atenção a cena inóspita, pega a orelha do ferido no chão e, milagrosamente, opera uma cura formidável diante de todos. E repreende seu discípulo publicamente. Era como se ele dissesse: “Meu Filho, foi isso que te ensinei?”. Jesus ensinou o amor. Pedro praticou o ódio! Que contraste!

Esse fracasso de Pedro me desafia! Quantas orelhas eu não tenho eu cortado também? Quantas oportunidades de compartilhar o amor de Deus eu tenho perdido, uma vez que minhas atitudes falam mais alto que minhas palavras?

É tempo de praticar o que Ele ensinou! Acredite, é o melhor caminho, sempre dá certo!

Deus te abençoe!

O Que é “esperar em Deus”?

  |  Pr. Olavo Feijó

Salmos 62:1 - ¶ [Salmo de Davi para o músico-mor, sobre Jedutum] A minha alma espera somente em Deus; dele vem a minha salvação.

O rei Davi enfrentou uma enorme variedade de experiências críticas. Cometeu grandes erros e vivenciou a grandeza da intervenção divina na sua vida pessoal e profissional. Sua vida foi um manual sobre o tamanho dos pecados humanos e a imensidão das restaurações providenciadas pela graça divina. Daí sua declaração pública: “Somente em Deus eu encontro paz: é Dele que vem a minha salvação” (Salmo 62:1).

Nos campos de batalha se desenrolaram os momentos mais significativos e emblemáticos daquele que Deus escolheu para identificar humanamente Seu Reino aqui na Terra. Expressões como a “dinastia de Davi”, ou a “casa de Davi” foram usadas, nos escritos do Antigo e do Novo Testamento, para exemplificar a dinâmica espiritual das revelações bíblicas a respeito de Jesus, o Messias, o maior nome da linhagem de Davi.

Nas horas de repouso e meditação, as memórias sangrentas das guerras eram suavizadas pelas memórias das vivências quase milagrosas das intervenções de Jeová. Naquelas horas, quando o único inimigo de Davi era Davi, exatamente naquelas horas, o rei poeta conseguia descobrir as “salvações” que somente o Senhor lhe concedia. À semelhança de Davi, precisamos buscar a intimidade com o Jeová Poderoso Nas Batalhas, para alimentar em secreto nossa vida espiritual. Nestes momentos essenciais, fica claro para nós de onde, realmente, vem a nossa salvação e a nossa paz, o nosso “esperar em Deus”.