Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Tuas Mãos Me Formaram  |  Pr. Olavo Feijó

Salmos 119:73 - ¶ Iód. As tuas mãos me fizeram e me formaram; dá-me inteligência para entender os teus mandamentos.

Na sua teologia, os judeus do Antigo Testamento reconheciam a autoria de Deus em todas as criaturas e em todos os fenômenos da criação. Nós, em nossa cultura, dizemos “está chovendo”, usando uma forma impessoal – no Hebraico, a expressão será “Ele está fazendo chover”. Não é de estranhar, então, a declaração do Salmista: “As Tuas mãos me fizeram e me formaram; dá-me entendimento para aprender os Teus mandamentos” (Salmo 119:73).

Em nossa cultura ocidental, desenvolvemos o conceito das “leis da natureza” e dos “fenômenos científicos”. Do ponto de vista da ciência, não existem recursos para alguém afirmar que as “leis” e os “fenômenos” são o resultado de um ser causador responsável. O que faz sentido, para o cientista, é afirmar que eu sou do jeito que sou por causa das “leis” genéticas.

Não que a Bíblia despreze processos genéticos. Ela os aceita e dá um enorme passo adiante, afirmando que Jeová é o manipulador da genética. E afirma, também, que o Criador estrutura a nossa genética com objetivos e intenções que só Ele sabe. Por esta razão, já que os objetivos e intenções são do Senhor, para que vivamos plenamente nossa estrutura biológica o caminho certo é conhecer os alvos do Senhor para cada um de nós. Conhecer e obedecer. Respeitar o próprio corpo e usá-lo de acordo com “as mãos que me formaram”, este é o caminho bíblico.