Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Primogênito Dentre Os Mortos  |  Pr. Olavo Feijó

Apocalipse 1:5 - E da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito dentre os mortos e o príncipe dos reis da terra. Aquele que nos amou, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados,

Talvez a doutrina da Trindade não seja para ser compreendida. Mas, certamente, ela nos foi revelada para ser aceita. Um dos seus pontos gloriosos é a referência ao Filho como o “Primogênito”. Mais glorioso e inexplicável, é quando nos chama de “filhos adotivos” e “co-herdeiros com Cristo”: “Jesus Cristo, que é a testemunha fiel, o primogênito entre os mortos” (Apocalipse 1:5).

O mistério da morte somente deve ser entendido à luz do mistério da vida. Na teologia bíblica o Criador planejou desenvolver alguns seres humanos até ao ponto mais evoluído da vida eterna, que é a vida ressuscitada, de que Jesus Cristo foi o pioneiro. Por isso, a Bíblia chama Jesus Cristo de “O primogênito dentre os mortos”. Em Jesus Cristo, a “Imagem e semelhança de Deus” foi completada, de acordo com os desígnios eternos do Criador. Em Jesus Cristo, aqueles que O aceitarem como Filho de Deus receberão o poder de se tornarem “Filhos de Deus” – filhos adotivos, legalmente tratados como “herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo”. A destruição da morte foi a condição essencial, para a eternização da vida. Da vida em Cristo. Libertados da morte pelo “primogênito dentre os mortos”, nossa tarefa não é de entender este mistério, mas é de viver, hoje em dia, esta realidade.