Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Os Pais E Os Dentes Dos Filhos  |  Pr. Olavo Feijó

Jeremias 31:29 - Naqueles dias nunca mais dirão: Os pais comeram uvas verdes, e os dentes dos filhos se embotaram.

Era uma crendice popular, ainda nos tempos de Jeremias, que os filhos pagavam pelas transgressões dos pais. O profeta prega uma mensagem revolucionaria, quando prevê: “Naqueles dias não se dirá mais: os pais comeram ovas verdes e os dentes dos filhos se embotaram” (Jeremias 31:29).

Ainda hoje, de um certo modo, a mesma crendice continua: “Filho de peixe, peixinho é”. Esta declaração, que se afirma como científica é, na realidade, uma expressão de preconceito. Todo preconceito sempre começa com uma experiência singular, mas bastante negativa: daí, até chegar ao exagero injusto da generalização, sem base em estatística, é apenas um pequeno passo.

Nossa comunidade cristã também é vitima dessa genética fantasiosa. Já vi moça ser hostilizada membros da igreja, pelo fato de ter uma prostituta como mãe. Como já vi esposa cair no ostracismo, porque seu marido se apropriou do dinheiro da igreja. A mensagem do Senhor, pela boca de Jeremias, é de responsabilidade pessoal: cada um só deve pagar pelas próprias transgressões. E somente pelas próprias. Mesmo assim, o arrependimento e a mudança de conduta são honrados pelo Senhor, levando-o a nos restaurar. Os dentes dos filhos são problema dos filhos.