Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Proibidos de Pregar  |  Pr. Olavo Feijó

Lucas 4:41 - E também de muitos saíam demônios, clamando e dizendo: Tu és o Cristo, o Filho de Deus. E ele, repreendendo-os, não os deixava falar, pois sabiam que ele era o Cristo.

Depois da experiência da tentação no deserto, Jesus saiu de Nazaré e foi para Cafarnaum. Pregando na sinagoga, expulsou demônios de algumas pessoas: “De muitas pessoas saiam demônios gritando ‘Tu és Filho de Deus’. Ele, porém, os repreendia e não permitia que falassem, porque sabiam que Ele era o Cristo”. (Lucas 4:41).

Hoje em dia, como na cidade de Cafarnaum, há vinte e um séculos atrás, os demônios e as demais entidades malignas, sabem muito bem que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus. E sabem, por isso, que ao mesmo tempo que Jesus salva os que O aceitam, Ele também significa a perdição eterna de Satanás e seus anos. Inspirados pelos poderes satânicos, existe um número crescente de líderes religiosos que andam a proclamar Jesus. Só que a motivação desses falsos apóstolos e falsos bispos é a de ganhar os benefícios dos reinos deste mundo.

Cristo já os repreendeu e os marcou para o Dia do Juízo, quando abertamente farão companhia para os filhos do maligno. Ainda há tempo de perguntarmos, diante do Espírito Santo: “Qual é a nossa motivação, quando pregamos que “Jesus Cristo é o Senhor”? É para a glória do Senhor? Ou é para a glória de nossa reputação de líder religioso? E, consequentemente, para a glória de nossa conta bancária? “É necessário que Ele cresça e que eu diminua...” Que não sejamos proibidos, por Cristo, de usar Seu nome pecaminosamente.