Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Cristo aceita os que estão perdidos  |  Pr. Olavo Feijó

Mateus 18:11 - Porque o Filho do homem veio salvar o que se tinha perdido.

O capitão Feijó, meu pai, gostava de falar de Jesus às crianças pobres, que moravam perto da sua igreja, na cidade gaúcha de Santana do Livramento. Uma coisa o incomodava: somente apareciam na igreja as crianças que tinham sapato. As mais necessitadas, porque andavam descalças, achavam que não seriam aceitas no templo. Por isso, meu pai propôs aos líderes da igreja: que tal ficarmos sem sapato, na frente do templo, quando convidarmos nossos vizinhos pobres? Apesar de meio esquisita, a ideia foi aceita e as crianças sem sapato passaram a frequentar os cultos...

Foi mais ou menos isto que Jesus quis nos ensinar, quando aceitou almoçar na casa de um cidadão israelita, que trabalhava para os Romanos como cobrador de impostos... Criticado pelos judeus, por sua postura no mínimo antipatriota, Jesus contra-atacou: “As pessoas que estão saudáveis não precisam de médicos! São os doentes que precisam... Não são os sacrifícios e as ofertas de vocês que Me interessam – mas que tenham compaixão! (Mateus 9:12-13).

Existem algumas igrejas, cujos templos chegam a ficar repletos de religiosos, nas quais, entretanto, raramente encontramos pessoas carentes espiritualmente. Pelo jeito, em tais templos, a preocupação é com sermões “bonitos”, cuja retórica não deixe ninguém dormir! Mas cujas pregações ignoram o problema das almas perdidas... E, até, do poder regenerador do amor de Cristo. É pena!