Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Rios Maiores Que o Jordão  |  Pr. Olavo Feijó

2 Reis 5:12 - Não são porventura Abana e Farpar, rios de Damasco, melhores do que todas as águas de Israel? Não me poderia eu lavar neles, e ficar purificado? E voltou-se, e se foi com indignação.

Quando Naamã recebeu ordem de Eliseu, para mergulhar sete vezes no Jordão e curar-se da lepra, o chefe do exército sírio ficou uma fera: “Não são porventura Abana e Farpar, rios de Damasco, melhores que todas as águas de Israel?... E voltou-se e se foi indignado” (II Reis 5:12).

Temos a mania de desprezar as coisas que nos parecem muito simples. Ou fáceis demais, para o nosso gosto. Afinal de contas, se é verdade que o Senhor é grandioso, poderoso, santíssimo, Ele não deveria exigir de nós, para nos abençoar, também coisas enormes e complicadas?

O Senhor, porém, nos afirma – “misericórdia quero e, não, sacrifício”. O que o Senhor exige de nós é uma decisão ao alcance de todas as pessoas – grandes ou pequenas; sábias ou ignorantes. O que Ele nos pede é o coração, o centro de nossos sentimentos e de nossa vontade. Comparado com as exigências elevadas e custosas das grandes religiões, o requisito de Cristo não parece coisa séria. Ao dizer, porém, que não quer sacrifício, o Senhor situa o problema da salvação em uma dimensão diferente. O requisito do Senhor é a aceitação da soberania de Cristo sobre o todo de nossa pessoa. Ele não quer nossas coisas. Ele quer nossa vida. Para que, pela fé, obtenhamos Dele a “vida em abundância”. Na realidade, não se trata de uma questão de rios, mas de uma atitude de fé.