Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
A oração verdadeira tem adoração  |  Pr. Sérgio Fernandes (instagram @pastorserginho)

Salmos 145:1 - ¶ [cântico de Davi] Eu te exaltarei, ó Deus, rei meu, e bendirei o teu nome pelos séculos dos séculos e para sempre.

Quando o Espírito Santo regenera o nosso coração e nascemos de novo pelo poder de Deus, nosso coração é transformado para podermos conhecer as verdades espirituais acerca de Deus e do Seu Plano para conosco. A paixão dos primeiros dias da fé é um dos mistérios mais lindos do cristianismo, pois a glória de Deus nos deixa maravilhados com a realidade que outrora não era conhecida e isso nos leva, sobrenaturalmente, a abandonarmos os ídolos do coração e desejarmos adorar o Nosso Criador.

Nós fomos criados para a adoração e a oração é uma oportunidade de expressarmos de forma pura nosso respeito ao Criador (Sl 145.1,2). Seja no silêncio de nosso quarto fechado ou nas orações congregacionais, devemos estar cientes que ao falarmos com o Eterno, devemos usar palavras que expressem a Sua glória e o exaltem por aquilo que Ele É. Uma oração que se inicia com uma entrega sincera e um anseio por “ofertar” ao Senhor a adoração que lhe é devida mostra que temos um coração regenerado que não quer ver somente as mãos de Deus, mas sim, quer contemplar a Sua face radiosa!

O verdadeiro adorador adora ao Pai em espírito e em verdade (Jo 4.23). O verdadeiro adorador ora! A oração verdadeira nasce de um coração desejoso de adorar.