Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Tanto Pedro, quanto Paulo  |  Pr. Olavo Feijó

2 Pedro 3:15 - E tende por salvação a longanimidade de nosso Senhor; como também o nosso amado irmão Paulo vos escreveu, segundo a sabedoria que lhe foi dada;

O Novo Testamento nos apresenta dois apóstolos de Jesus que, apesar de suas diferentes formações, ocupam posição significativa no processo da Revelação bíblica: Pedro e Paulo. Pedro, pescador, aprendeu sua teologia no meio das tempestades e durezas da vida. Aos sábados, na sinagoga, estudava as Escrituras. Durante os dias da semana, ele e seus sócios, dirigindo seus barcos, Pedro foi testemunha do poder do Mestre controlando até a fúria das intempéries.

Paulo foi um intelectual, um teólogo que fez pós-graduação nas Escrituras, orientado pela cultura bíblica de Gamaliel. Sua retórica foi respeitada te pelos homens especialistas do Areópago, de Atenas. O ponto crucial da formação apostólica do, então, Saulo de Tarso, foi o caminho de Damasco, quando Jesus, ressuscitado, se apresenta poderosamente e o vocaciona.

Cada um de nós tem um pouco de Pedro e um pouco de Paulo. As doutrinas nos orientam, mas a prática da vida com Cristo, constrói em nós a estrutura do discipulado. Além de doutrina, cristianismo é prática diária. Por isso, Jesus nos ensinou: “Assim brilhe a vossa luz diante dos homens, de tal modo que eles, vendo as vossas voas obras glorifiquem o vosso Pai, que está nos céus” (Mateus 5:16).