Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
A parábola do semeador  |  Pr. Olavo Feijó

Mateus 13:3 - E falou-lhe de muitas coisas por parábolas, dizendo: Eis que o semeador saiu a semear.

Dentre os ensinos de Jesus, um deles foi a Parábola do Semeador: “Certo homem saiu, para semear”. Aconteceu que somente algumas sementes caíram em terra fértil e, por isso,... produziram na base de cem, de sessenta e de trinta grãos por um” (Mateus 13:3,8).

Há, pelo menos, três ênfases que podem ser detectadas na parábola. Ênfase primeira: antes de dar frutos, o solo precisa receber boas sementes. Lucas, ao registrar esta mesma história, acrescentou: “a semente é a mensagem de Deus” (Lucas 8:110.

A segunda ênfase é aquela que nos ensina a não misturar a qualidade original da Revelação bíblica com a qualidade secundária das interpretações dos religiosos profissionais.

A parábola termina com uma alarme muito sério: não basta plantar. O lavrador consciente acompanha todo o processo do crescimento, até a hora na qual acontece a colheita. Neste contexto, faz toso o sentido a “Parábola do Joio e do Trigo”, quando nos ensina que é só na ocasião da colheita que o trigo é armazenado e o joio é queimado (Mateus 13:29-30).