Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
“O que vocês pescaram?”  |  Pr. Olavo Feijó

Lucas 5:4 - E, quando acabou de falar, disse a Simão: Faze-te ao mar alto, e lançai as vossas redes para pescar.

Pescadores experientes, Pedro e seus sócios nada pescaram, apesar de se esforçarem, durante toda a noite. Até onde sabemos, a profissão de Jesus não era a pesca. Entretanto, diante do desalento dos discípulos, fez-lhes a seguinte proposta: “Leve o barco para um lugar onde o lago é bem fundo. E então, você e seus companheiros joguem as redes, para pescar” (Lucas 5:4).

Simão Pedro respeitava profundamente a mensagem espiritual do Cristo Jesus. Mas também conhecia a inexperiência do seu Mestre, em matéria de pescaria... Daí, decidiu: “Mestre, nós trabalhamos a noite toda e não pescamos nada. Mas... já que o Senhor está mandando jogar as redes, eu vou obedecer!” (Lucas 5:5). Resultado: “Quando eles jogaram as redes na água, pescaram tanto peixe, que as redes estavam se arrebentando” (verso 6). Como é que pode uma coisa dessas?

Jesus nunca se apresentou como um profissional. Todavia, até onde a história nos conta, a pessoa do Cristo ultrapassou absolutamente a capacidade humana de motivar quem quer que seja. Jesus não foi engenheiro, mas Seus ensinos sempre aperfeiçoaram as práticas da engenharia. E das artes, e do direito e da política, e da agricultura, e da pedagogia... etc. Profissão, sem vocação é o caminho seguro para o desânimo e, até, o fracasso. Por isso, antes de jogar as nossas redes profissionais, é sempre boa estratégia pedir a orientação do Cristo.