Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Nos perigos, confiar em Cristo  |  Pr. Olavo Feijó

Mateus 8:26 - E ele disse-lhes: Por que temeis, homens de pouca fé? Então, levantando-se, repreendeu os ventos e o mar, e seguiu-se uma grande bonança.

O mar da Galiléia era temido por causa da sua instabilidade. De repente, sem muito aviso, a tranquilidade dava lugar a ondas perigosas e fatais. Foi em uma dessas tempestades que Jesus, navegando em uma barca, dormiu tranquilamente. “Os discípulos, aproximando-se, acordaram-no, dizendo: Salva-nos, Senhor, que perecemos. Ele lhes disse: Por que temeis, homens de pouca fé? Então, erguendo-se, repreendeu os ventos e o mar – e fez-se grande bonança” (Mateus 8:25-26).

Cada um de nós tem lá o seu mar da Galiléia. Os altos e baixos de nossa vida costumam nos amedrontar. Porque não nos faltam narrativas de tribulações e naufrágios, inclusive na vida de amigos e queridos nossos. Confundimos o “sono” de Jesus com desinteresse. Por isso, o pavor toma conta de nós ...

O Senhor, que aceitamos e procuramos obedecer, convive conosco, em nosso barco, independentemente do bom ou do mau tempo. Mais até do que isso – nosso Senhor e Salvador continua nos ajudando, com a mesma capacidade e poder com que resolveu os problemas dos Sues apóstolos. Porque Cristo está conosco, não faz sentido ficar apavorados. O que faz sentido é reconhecer a presença do Mestre e, confiantemente, entregar a Ele nossas tempestades e nossos medos.