Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Aflições e glória  |  Pr. Olavo Feijó

Romanos 8:18 - Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada.

Sabendo que Sua hora de ser crucificado havia chegado, o Senhor foi bem realista com Seus discípulos e previu: “No mundo vocês vão sofrer” (João 16:33). Foi esta a maneira de preparar o coração dos discípulos, para enfrentarem a tragédia de contemplar o próprio Mestre sofrendo a vergonha e a humilhação da cruz. Nós, discípulos nos dias de hoje, temos que aceitar o mundo de maldade, que nos causa “aflições”.

Jesus, entretanto, não nos declara prisioneiros deste mundo de aflições. Ele nos exorta, declarando: “Tenham coragem. Eu venci o mundo” (João 16:33). Ao ressuscitar dos mortos, Cristo nos comunica Seu poder sobre a morte e sobre a vida. O fato histórico da ressurreição de Jesus transmitiu poder e autoridade a todos os seguidores do Mestre, tanto no passado, quanto no presente.

Viver em função da glória da ressurreição é viver no poder espiritual de Cristo. O mundo de hoje causa as mesmas aflições do mundo de ontem. Nossa comunhão com Cristo, porém, é a forma divina de nos comunicar a Sua glória. Não adoramos um Jesus morto: somos seguidores de um Cristo vivo. Nosso poder espiritual vem da glória da ressurreição. O mundo nos causa aflições. O Cristo nos enche de Sua glória.