Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Livramento de todas as angústias  |  Pr. Olavo Feijó

Salmos 34:6 - Clamou este pobre, e o SENHOR o ouviu, e o salvou de todas as suas angústias.

Quando não entregamos ao nosso médico o cuidado de uma doença, não devemos responsabilizá-lo pelo nosso mal estar. Dentro deste contexto, devemos ler a mensagem do Salmo 34: “Este pobre homem clamou e o Senhor o ouviu: e o libertou de todas as suas angústias” (Salmo 34:6).

Angústias pessoais que não entregamos ao Senhor continuam a nos fazer mal. Apesar disto, nosso Inimigo continua a nos tentar, afirmando que nossa capacidade humana funciona melhor do que a providência divina. O rei Davi, autor deste Salmo, sabia muito bem os furos naturais da autoconfiança e da confiança nos recursos humanos. Por isso, o Salmo 34 é autobiográfico. Qualquer um de nós, que tivesse vivido os dramas da vida e tivesse recebido as soluções poderosas e amorosas, providenciadas por Deus, teria repetido seu conteúdo.

A angústia é a experiência mais devastadora que podemos ter. E porque algumas caudas da angústia são sobrenaturais, precisamos de ajuda sobrenatural para vencer a angústia. “Clamar ao Senhor” não é uma atitude simples. É dar ao Senhor o controle da nossa vida. O livramento de “todas as nossas angústias” só depende do Senhor: não depende de nós. O que depende de nós, todavia, é a fé de “clamar ao Senhor”. Só o Senhor nos ouve completamente. Só o Senhor nos liberta de todas as nossas angústias.