Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Não falem mal uns dos outros  |  Pr. Olavo Feijó

1 Pedro 2:1 - ¶ Deixando, pois, toda a malícia, e todo o engano, e fingimentos, e invejas, e todas as murmurações,

Por que achamos certo falar dos outros, principalmente salientando sua qualidades dúbias ou negativas? Por qual razão, ao invés de focalizar as boas qualidades dos outros, achamos mais interessante diminuí-los, descrevendo seus pontos fracos e não tão nobres? O dicionário define essa fala como “maledicência”. Quanto ao Código civil, divulgar irresponsavelmente características não tão nobres de outrem, pode dar razão para um processo de “difamação”. Diante de tudo isso, por que insistimos na prática da maledicência?

Escrevendo sua Primeira Carta, Pedro nos ensina como não ser vítima da maledicência: “Agora que vocês purificaram a sua vida pela obediência à Verdade, visando ao amor fraternal e sincero, amem sinceramente uns aos outros e de todo o coração. vocês foram regenerados, não de uma semente perecível, mas imperecível, por meio da Palavra de Deus,viva e permanente” (I Pedro 1:22-23).

Como, então, não falar mal dos outros? Como nos ensinou o verso anterior:o negócio tem que se basear no “amem sinceramente uns aos outros e de todo o coração”. de todo o coração, porque é dele que “procedem as saídas da vida”. Quando entregamos nosso coração ao Senhorio do Cristo, é com palavras de compreensão e amor que avaliamos a vida do próximo. Como conseguir não falar mal dos outros? Avaliando os outros com os olhos compreensivos e amoráveis do Senhor.