Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
O cajado do Senhor  |  Pr. Olavo Feijó

Salmos 23:4 - Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.

O Salmo 23 é autobiográfico – nele, Davi descreveu o cuidado carinhoso de um pastor, no trato das suas ovelhas. No meio dos perigos e ameaças, que podem ser fatais, o símbolo do cajado se ergue como o instrumento de proteção que Deus significa para nós, que somos Seus discípulos.

“O Senhor é meu pastor: de nada terei falta... Mesmo quando eu andar por um vale de trevas e morte, não temerei perigo algum, pois Tu estás comigo. A Tua vara e o Teu cajado me protegem” (Salmo 23:1,4).

A Bíblia nos ensina a ser realistas. Ela não nos revela um mundo de fantasia, de “faz de conta”. A razão porque Jesus nos deu Seu Espírito Santo é a capacidade que o mundo tem de nos causar tribulações. O Espírito de Cristo é o onipotente “Cajado Divino”, no qual podemos confiar completamente. Por isso, nada daquilo que nos seja essencial irá nos faltar. “A Tua vara e o Teu cajado me protegem”. Amém.