Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
O Senhor age com motivo  |  Pr. Olavo Feijó

Ezequiel 14:23 - E sereis consolados, quando virdes o seu caminho e os seus feitos; e sabereis que não fiz sem razão tudo quanto nela tenho feito, diz o Senhor DEUS.

Há pessoas que só prestam atenção à própria cabeça quando dão uma cabeçada. O Senhor sabe disso e, por amor a nós, permite que experimentemos o resultado construtivo dos nossos próprios erros, quando nós os reconhecemos. Contrariamente ao que muitos acreditam, o Senhor não depende do acaso: Ele sempre age de acordo com Seus motivos, Seus soberanos motivos. “Vocês se sentirão consolados quando virem a conduta e as ações deles, pois saberão que não agi sem motivo em tudo quanto fiz ali. Palavra do Soberano, o Senhor” (Ezequiel 14:23).

Viver pela fé significa, dentre outras coisas, acreditar que o mundo segue determinadas leis e que o Senhor e administrador de todas as leis é Deus Jeová. Agir de acordo com esta convicção implica, então, buscar conhecer os processos divinos, relevados nas páginas da Bíblia. Os motivos divinos, como revelados biblicamente, são-nos mostrados através dos modos detalhados usados pelo Senhor, quando de Sua abordagem concernente à administração de nossa história. Quantas vezes nos percebemos no pecado de Davi, mas revoltas de Paulo, nas negações de Pedro...

Nossa responsabilidade, como discípulos de Jesus, não é “entender intelectualmente” as intervenções divinas. Nossa responsabilidade é a de aceitar e obedecer, não importando quão difícil seja o mandamento que Deus nos imponha. O Senhor é Deus. Seus motivos não são os nosso motivos. Se é que acreditamos que Deus é amor, nosso desafio é viver de acordo com a realidade do amor divino.