Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Nossa sabedoria é igual a lixo  |  Pr. Olavo Feijó

Filipenses 3:8 - E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como escória, para que possa ganhar a Cristo,

A enorme cultura teológica de Paulo era conhecida e respeitada pelos demais discípulos de Jesus (II Pedro 3:15). O encontro com o Jesus ressuscitado, entretanto, trouxe revelações que transformaram a vida e a doutrina do grande apóstolo. Foi assim que ele se explicou, escrevendo aos Filipenses: “Considero tudo uma completa perda, comparado com aquilo que tem muito mais valor, isto é, conhecer completamente Cristo Jesus, o meu Senhor. Eu joguei tudo fora como se fosse lixo, a fim de poder ganhar a Cristo” (Filipenses 3:8).

Somente uma pessoa de muita erudição teria a capacidade de avaliar, eruditamente, o significado da sua cultura filosófica e científica. Não é por acaso que indivíduos profundamente cultos se caracterizem por uma postura de humildade. Quanto mais conhecemos, mais descobrimos o tamanho da nossa ignorância.

“Conhecer a Cristo”, de acordo com Paulo, é colocar, no Seu altar, o que quer que a vida nos tenha dado ou ensinado. Quando o fazemos, o tamanho do Cristo e Sua importância vão tomando conta de nós. Cristo deve ser o critério de avaliação de nossa vida. Ele transforma nossa cultura e nosso lixo. O desafio constante da vida cristã é entregar a Cristo nosso “lixo”. Em troca, Ele nos alimenta com Seu Espírito.