Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Depois do choro, alegria  |  Pr. Olavo Feijó

Salmos 30:5 - Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida. O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.

Nada dura para sempre. Cada coisa tem seu tempo próprio. Nossos esforços de antecipar, às vezes causam os danos da precipitação. Daí a conveniência de meditar seriamente sobre a declaração do salmista: “O choro pode durar uma noite – mas a alegria vem pela manhã” (Salmo 30:5).

Estudar a nossa resistência às pressões impostas pela vida é uma forma inteligente de avaliar corretamente nossa produtividade pessoal. Isto significa descrever adequadamente a energia de que dispomos. E significa, também, descobrir aquelas áreas em que somos vulneráveis, aprendendo a respeitá-las e a valorizá-las. Esta tomada de consciência vai nos ajudar a não ficarmos surpresos, diante das relações de causa e efeito que experimentamos na vida.

O próprio Salomão afirmou, após o salmo de Davi, que há “tempo de chorar e tempo de rir” (Eclesiastes 3:5). Não chorar, quando existe causa para tristeza, é insensibilidade. De igual modo, não se alegar quando nosso entorno se apresenta com bem-estar e com satisfação pode significar uma séria existência de pessimismo e depressão. Uma coisa é certa – a Bíblia é clara, quando nos aponta para a s realidade negativas da vida: não devemos ignorá-las. Por outro lado, devemos obedecer a Bíblia, quando ela nos garante a ajuda de um Cristo, cujo Espírito alegra nosso coração.