Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Ainda que...  |  Pr. Olavo Feijó

Salmos 27:3 - Ainda que um exército me cercasse, o meu coração não temeria; ainda que a guerra se levantasse contra mim, nisto confiaria.

Davi colecionou uma enorme quantidade de inimigos. Dentro de casa, fora de casa; dentro do seu Reino, fora do seu Reino. A única razão, apresentada por ele, para não ter sido eliminado, foi sua convicção de que o poder de Deus sempre garantiu sua vida. “Ainda que um exército se acampe contra mim, meu coração não temerá. Ainda que se declare guerra contra mim, mesmo assim estarei confiante” (Salmo 27:3).

Jesus resumiu a lista de ameaças e perigos descrita por Davi. Ele declarou a Seus discípulos: “ No mundo tereis tribulações” (João 16:33). E Paulo, quando aceitou ser apóstolo de Jesus, sofreu as dores e perseguições dos inimigos – os livramentos que Cristo lhe deu, porém, fizeram com que escrevesse estímulos espirituais ao jovem pregador Timóteo: “Suporta os sofrimentos” (II Timóteo 4:4).

Pelo jeito, os líderes dos vários grupos da “teologia da prosperidade” e do “gospel show” não se impressionam com as narrativas pessoais dos “heróis da fé”, comentadas pela carta aos Hebreus. Por outro lado, é também importante frisar que a mensagem bíblica não é de derrotismo. Jesus foi enfático, quando disse “Eu venci o mundo” (João 16:13). Por isso, se somos instrumentos do Cristo neste mundo, o negócio é levantar a cabeça e continuar: apesar de todas as guerras, “mesmo assim estarei confiante” (Salmo 27:3).