Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Jardim de oração  |  Pr. Olavo Feijó

Lucas 22:39 - ¶ E, saindo, foi, como costumava, para o Monte das Oliveiras; e também os seus discípulos o seguiram.

A leitura dos Evangelhos nos informa que Jesus separou apenas os últimos três anos de Sua vida, para o cumprimento do Seu ministério terreno. Em nossa visão humana, a vida diária durante tão importante missão não permitiria nem uma só hora de meditação e quietude. Lucas, entretanto, nos surpreende, dizendo que “COMO DE COSTUME , Jesus foi para o Monte das Oliveiras e os Seus discípulos O seguiram. Chegando ao lugar, Ele lhes disse – Orem, para que vocês não caiam em tentação” (Lucas 2:39-40).

Perda de tempo ou uso estratégico do tempo? Esta pergunta é feita, às vezes, quando cristãos se cansam, porque se esgotam em trabalhar sem cessar para o Reino do Senhor, roubando o tempo essencial que deve ser gasto para a comunhão com o Senhor do Reino...

Com o Seu exemplo, Jesus nos ensina a fazer pausas dedicadas exclusivamente à oração. E Ele acrescenta um argumento forte: “para que vocês não caiam em tentação”. Orar, então, é nossa garantia de resistir às tentações. Porque, quando abrirmos nosso coração, para a comunhão com o Senhor. Sua presença em nós constitui aquele poder capaz de nos livrar do veneno das tentações.