Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Primeiro, vá mostrar-se ao sacerdote  |  Pr. Olavo Feijó

Lucas 5:14 - E ordenou-lhe que a ninguém o dissesse. Mas vai, disse, mostra-te ao sacerdote, e oferece, pela tua purificação, o que Moisés determinou, para que lhes sirva de testemunho.

Jesus sabia que Seu ministério estava completamente acima do ministério dos sacerdotes do judaísmo. Entretanto, Ele sabia que Sua mensagem precisava atingir também as autoridades estabelecidas na Lei Mosaica. Esta deve ter sido a razão de o Mestre orientar especificamente o leproso, que Ele acabara de curar. “Então, Jesus lhe ordenou: Não conte isso a ninguém; mas vá mostrar-se ao sacerdote e ofereça pela sua purificação os sacrifícios que Moisés ordenou, para que sirva de testemunho” (Lucas 5:14).

Jesus não foi um anarquista, inimigo de todo tipo de autoridade e governo. Ele veio para mudar a vida espiritual dos humanos. Mudar, entretanto, é um processo que exige conhecimento profundo daquilo que deve ser mudado e daquilo que deve acontecer, após as mudanças. Jesus não usava a linguagem dos anjos, nem a linguagem que Moisés utilizou, quando escreveu a Lei, no Sinai. O Mestre se comunicava falando o aramaico, que era a língua que o povo compreendia.

Neste contexto, faz sentido a orientação do Mestre, após ter curado seu compatriota leproso. A única autoridade sanitária, aceita como em condições de dar um certificado de saúde pública era o sacerdote. E Ele acrescentou: “para que sirva de testemunho”. Ser cristão é exatamente isso: “dar testemunho”. Ser cristão é demonstrar, àqueles que convivem conosco, que a cura que agora ostentamos tem sua única origem em Jesus Cristo. A última recomendação do Cristo, antes de ascender aos céus, foi “vocês serão minhas testemunhas... até os confins da Terra”.