Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Dario e Esdras, sob ordens de Jeová  |  Pr. Olavo Feijó

Esdras 6:14 - E os anciãos dos judeus iam edificando e prosperando pela profecia do profeta Ageu, e de Zacarias, filho de Ido. E edificaram e terminaram a obra conforme ao mandado do Deus de Israel, e conforme ao decreto de Ciro e Dario, e de Artaxerxes, rei da Pérsia.

O Senhor Jeová nunca ensinou que Seu poder de administrar a história se limitava ao povo de Israel. Uma as provas da universalidade da Sua soberania é nos revelada pelo livro de Esdras. O resumo da obra foi descrito no capítulo 6, verso 14: “Dessa maneira, os líderes dos judeus continuaram a construir e a prosperar, encorajados pela pregação dos profetas Ageu e Zacarias, descendente de Ido. Eles terminaram a reconstrução do templo conforme a ordem do Deus de Israel e os decretos de Ciro, de Dario e de Artaxerxes da Pérsia.

A narrativa do livro de Esdras ignora a tradição exclusivista que sempre caracterizou os descendentes de Abraão. Com toda naturalidade, o autor do livro descreve os detalhes históricos da reconstrução do templo de Jerusalém, após os setenta anos de cativeiro babilônico. O livro de Esdras faz referência a dois poderes envolvidos no processo: primeiro, a mensagem dos profetas Ageu e Zacarias; segundo, a providência de todos os recursos essenciais para a obra, a partir de três reis da Pérsia... E quem estava administrando toda aquela estranha cooperação entre reconhecidos inimigos? Resposta – o Senhor Deus de Israel.

Deus é soberano. Ele é quem julga e Ele é quem liberta. Nossa vida, como discípulos de Cristo, não deve ser limitada pelas tradições de nossos preconceitos humanos. Nossa missão é dar testemunho de Jesus Cristo a todas as pessoas, nunca perguntando sobre suas doutrinas, sua classe social, sua nacionalidade. Deus é o único responsável pela nossa vida e pelo nosso ministério. Nunca nos esqueçamos da afirmação do Senhor: “Agindo Eu, quem o impedirá?” (Isaías 43:13).