Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Por que uma manjedoura?  |  Pr. Olavo Feijó

Lucas 2:6 - E aconteceu que, estando eles ali, se cumpriram os dias em que ela havia de dar à luz.

Por que Jesus teve que nascer em uma manjedoura? O que não faltava, em Belém, eram judeus piedosos, que teriam todo prazer em oferecer a própria casa, desde as declarações de Isabel, de Zacarias e, depois, de Simeão. A narrativa do Evangelho, entretanto, foi direta e explícita: “Enquanto estavam em Belém, chegou o tempo de nascer o bebê e ela deu à luz o seu primogênito. Envolveu-o em panos e o colocou numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na hospedaria” (Lucas 2:6).

De quem foi o furo? Afinal, Maria e José tiveram vários meses, antes de irem a Belém, cidade natal da família. Além do mais, certamente não faltavam, na pequena cidade, parentes, próximos ou distantes, do casal. Por outro lado, certamente deveria haver na hospedaria, instruções quanto à hospedagem de casais prestes a precisar de atenção especial.

Entretanto, pelo jeito da narrativa de Lucas, ninguém demonstrou estranheza: nem os pais de Jesus, nem os anjos anunciadores, nem os pastores que foram visitar o famosos estábulo. Voltamos, então, à pergunta inicial: Por quê uma manjedoura: porque, desde os antigos profetas, Deus sempre revelou amor aos pobres e oprimidos. Pelo poder de Deus, a humilde manjedoura tornou-se o reverenciado trono de Deus entre nós. Nosso Senhor não ficou humilhado, pelo fato de dormir no meio da comida do gado. A manjedoura, porém, passou a à história como o berço de Emanuel, o Deus conosco! Desde o seu princípio, Jesus demonstrou estar do nosso lado.