Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Deus sacia nossa sede  |  Pr. Olavo Feijó

Isaías 27:3 - Eu, o SENHOR, a guardo, e cada momento a regarei; para que ninguém lhe faça dano, de noite e de dia a guardarei.

Dizem os entendidos que somente aguentamos falta de água por três dias, no máximo. Daí entendermos o compromisso que Deus assume com Seus filhos: “Naquele dia, o Senhor dirá: Cantem louvores à minha bela plantação de uvas! Eu cuido dela e sempre a regarei. Eu a vigio de dia e de noite, para que ninguém a prejudique” (Isaías 27:2-2).

A regularidade da água é a grande preocupação de todos os lavradores experientes. Porque a falta de irrigação pode significar o prejuízo total de uma plantação inteira. O que, em certos casos, leva o agricultor à falência. A terra é bem adubada e as mudas são de excelente qualidade: apesar de todo este investimento, porém, a rega regular exigirá o trabalho diário e bem equilibrado do fazendeiro.

A mensagem do Senhor, através de Isaías, afirma que nosso Senhor é responsável. Aquela pessoas que se compromete com o Senhor, aceitando Sua alimentação e Seu cuidado no retirar de nós o que quer que nos definhe e nos impeça de dar frutos para o Senhor da seara, sofrerá a intervenção poderosa de Deus. Neste deserto em que vivemos, não raro tememos a tragédia da sede. A promessa divina deve garantir nossa saúde espiritual: “Eu a regarei, garante o Senhor.