Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Feliz é o humilde de espírito  |  Pr. Olavo Feijó

Mateus 5:3 - ¶ Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus;

Aqueles que, pela fé em Cristo, passaram a viver segundo as leis do Reino de Deus, descobriram que os princípios do Reino foram anunciados através da série das bem-aventuranças, no famoso Sermão do Monte. Dentre os princípios revelados pelo Senhor do Reino, vale a pena salientar a humildade: “Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus” (Mateus 5:3).

Há várias expressões que os intérpretes usam como sinônimos de “pobre de espírito”. Uma delas é “humilde”. Humilde de espírito não deve ser interpretado como subserviência ou como ignorância espiritual. Humilde é aquele que, diante da incompreensível superioridade do Senhor, joga fora seu próprio orgulho e assume, com plena consciência, uma postura de aceitação e de aprendizagem. O contexto bíblico em que o termo “pobre de espírito” está inserido, equivale ao significado de “humilde de espírito”.

Dá para entender, então, porque o humilde é feliz. Porque ele não é bloqueado pelo orgulho e pela autossuficiência. O humilde consegue aprender aquilo que Deus pretende ensiná-lo. Vivemos cercados e pressionados pela maldade de nosso mundo. Às vezes, o desânimo rouba nossas forças e nos sentimos esquecidos por Deus. O rei Davi, que passou por tudo isso, aprendeu finalmente: “Mas os humildes viverão em segurança na Terra Prometida e terão alegria, prosperidade e paz” (Salmo 37:11). O bom de tudo isso é que o Senhor nos capacita a desenvolver o dom da humildade de espírito!