Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Estar debaixo da graça  |  Pr. Olavo Feijó

Romanos 6:14 - Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça.

A vida cristã não é estática e imutável. Por decisão divina, somos influenciados por aquilo que não é da natureza divina. Paulo nos explica a diferença entre “cair em peado”, em momentos de pressão – e uma realidade completamente diferente, que é “ser subjugado pelo pecado”. Porque o pecado não terá domínio sobre vós. Pois não estais debaixo da Lei, mas debaixo da Graça” (Romanos 6:14).

Existem dois extremos falaciosos. De um lado, há o grupo dos que pregam que os crentes salvos por Cristo perdem a possibilidade de pecar. Do outro lado, encontramos aqueles que desmerecem o poder da Graça de Cristo, pregando que o jeito é procurar fazer o bem e acumular méritos para a própria salvação. Paulo diz que não é nada disso. Sim, o cristão corre o perigo de pecar, em certas situações. Sim, também: o poder da Graça de Cristo é superior ao mundo e ao Inimigo. Por isso, mesmo resvalando aqui ou ali, a Graça divina que nos salvou tem o poder para dominar o ferrão da nossa frágil natureza humana.

Que é “estar debaixo da Graça”? É ter plena consciência de que devemos submeter nossa liberdade ao controle e ao senhorio do Espírito de Cristo. O termo “submeter-se” é de natureza absoluta. É colocar o poder da nossa vontade como algo que passa a se alimentar da energia divina e passa a cultivar a disciplina espiritual do cultivo da oração e da Bíblia. Logo, o negócio é estar debaixo da Graça. É o único caminho natural da Vida.