Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
O tempo do Espírito e a alma  |  Pr. Olavo Feijó

1 Coríntios 6:19 - Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?

A criação expressa o imenso poder do Criador. A criação do ser humano expressa a sofisticação espiritual do Criador. Uma das possíveis maneiras de focalizar a sofisticação espiritual da criatura “gente” foi a que Paulo usou: “Acaso não sabem que o corpo de vocês é templo do Espírito Santo que habita em vocês, que lhes foi dado por Deus, e que vocês não são de si mesmos?” (I Coríntios 6:19).

O templo não limita a realidade onipresente de Deus. Mas uma construção material, quando dedicada conscientemente para ser o local da comunhão com o Senhor, recebe a bênção de Deus para ser usada como “casa de oração para todos os povos” (Lucas 19:45). O nosso corpo, feito pelo Senhor para ser o “templo do Espírito Santo que habita em nós”, deve ser usado para a expressão da essência de Deus, que “é o amor” (I João 4:8). Quando usamos nosso corpo, limitando-o apenas para práticas físicas, nós o degradamos.

Deus formou o ser humano “do pó da terra”: até aí, a criatura humana é idêntica à matéria prima física. Logo em seguida, o Senhor soprou o Seu Espírito no boneco de barro e o transformou na única criatura “à imagem e semelhança” do Criador. Nosso corpo foi criado e considerado “muito bom”. Quando dedicado a Deus, em honra ao Espírito Santo que quer habitar em nós, nossa conduta glorifica o osso “Pai, que está nos céus”. Não há melhor maneira de dignificar nosso corpo.