Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Ande a segunda milha  |  Pr. Olavo Feijó

Mateus 5:41 - E, se qualquer te obrigar a caminhar uma milha, vai com ele duas.

As leis que governavam a Palestina, nos tempos de Jesus, eram as do Império Romano. Elas permitiam coisas que os judeus consideravam injustas. Uma delas era levar cargas do soldados por até uma milha (mais de um quilômetro). Pois foi referindo-se a esta coisas odiosa qe Jesus declarou: “Se alguém o forçar a caminhar com ele uma milha, vá com ele duas” (Mateus 5:41).

Do ponto de vista humano, a proposta de Jesus é absurda. Se algo é contra os valores humanos, achamos que temos que lutar contra ele. O Mestre, entretanto, encara a questão de forma diferente e revolucionária. Nossa missão não é a de “combater” a injustiça – nossa missão é a pregar e viver o amor com que Jesus nos ama. Por isso, Ele acrescentou: “Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem” (verso 44).

Bem, se alguém afirmar que a natureza humana combate a injustiça, eliminando os injustos, então a natureza humana será sempre presa das injustiças humanas. Como discípulos de Jesus, decidimos aceitar o amor do Cristo como nosso maior valor. Só que “isto não vem de vós, é dom de Deus” (Efésios 2:8). A prática de nosso discipulado é andar a segunda milha. É amar os inimigos e os injustos. É orar por aqueles que nos perseguem. É fazer bem aos que nos fazem mal. É, portanto, uma questão de fé. Crer em Cristo é, sinceramente, entregar nossas aflições Àquele que disse “Minha é a vingança, Eu retribuirei” (Romanos 12:19). Andar a segunda milha é a prática, revolucionária, do poder do amor de Jesus Cristo.