Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Tira também meu pecado  |  Pr. Olavo Feijó

João 1:29 - ¶ No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.

O ministério de João Batista foi o de apresentar ao mundo o Cristo, cujo poder reconcilia com Deus aqueles que foram separados pelo pecado. “No dia seguinte, João viu Jesus vindo na direção dele e disse: aí está o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo” (João 1:29).

A declaração de João Batista pertence ao contexto eterno da criação e dos propósitos de Deus. Ela se encaixa na revelação do Senhor feita através do escrito de Paulo: “Antes da criação do mundo, Deus já nos havia escolhido para sermos Dele por meio de nossa união com Cristo, a fim de pertencermos somente a Deus e nos apresentarmos diante Dele sem culpa, por causado Seu amor por nós” (Efésios 1:4).

A nossa queda não foi – nem é – uma falha do poder paternal do Senhor. Já antes da criação o Senhor planejou ter “filhos”. Não à maneira de Filho Unigênito, mas “através” do poder do Filho Unigênito.

Por isso, cada indivíduo que se encontra com Jesus e O aceita como “Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo”, revela o Evangelho de João, “a estes Ele deu o direito de se tornarem filhos de Deus” (João 1:12). O poder de Cristo, sendo eterno, “tira o pecado do mundo” e tira, também, o meu pecado. Nossa única responsabilidade é a de aceitar Jesus como o Cristo e permitir que Ele nos livre de todos os nossos pecados.