Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Minha Cruz e meu Jesus  |  Pr. Olavo Feijó

Mateus 10:38 - E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim.

Para ser cristão, tenho que dar a Jesus meu eu verdadeiro, autêntico. A carreira do cristão é a de assimilar, constantemente, o Espírito de Cristo, até chegar à estatura do Varão perfeito, nosso Senhor Jesus Cristo. “E quem não toma a sua cruz e não segue após Mim não é digno de Mim” (Mateus 10:38).

Paulo foi profundamente claro, ao descrever seu próprio jugo: “Pois eu sei que aquilo que é bom não vive em mim, isto é, na minha natureza humana. Porque, mesmo tendo dentro de mim a vontade de fazer o bem, eu não consigo fazê-lo” (Romanos 7:18). Pelas revelações da Bíblia e do Espírito de Cristo no seu coração, Paulo entendeu que tinha de entregar seu jugo pessoal ao controle do Espírito de Cristo. Daí seu grito de libertação: “Como sou infeliz! Quem me livrará deste corpo que me leva para a morte? Que Deus seja louvado, pois Ele fará isso por meio do nosso Senhor Jesus Cristo” (Romanos 7:24-35).

Eu sou minha cruz. Minha cruz é o meu eu interior, que me castiga e me desfigura. É gente como eu, que sofre por causa dos próprios pecados e limitações, que Jesus Cristo quer transformar. Mas Ele somente pode nos dar a saúde espiritual se nós O aceitarmos, como Salvador e como Senhor soberano. A cruz de Jesus nos liberta da cruz que carregamos. “Quem me livrará deste corpo de morte? Que Deus seja louvado, pois Ele fará isso por meio do nosso Senhor Jesus Cristo”.