Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Um lar para os abandonados  |  Pr. Olavo Feijó

Salmos 68:6 - Deus faz que o solitário viva em família; liberta aqueles que estão presos em grilhões; mas os rebeldes habitam em terra seca.

Poucas pessoas consideram este mundo um paraíso na Terra. As injustiças e as maldades sobrepujam as coisas boas. O rei Davi, pertenceu a uma minoria que nunca se sentiu abandonada por Deus. Eis o testemunho do salmista: “Deus dá aos abandonados um lar em que eles podem viver e solta os prisioneiros, para que vivam livres e felizes. Mas os que se revoltam contra Ele terão de morar numa terra deserta” (Salmo 68:6).

Por que razão, às vezes, nós nos sentimos abandonados? Uma das razões é o foco de nossas percepções. Quando, desde nossa infância, somente ouvimos de nossas mães e de nossos pais comentários negativos sobre a vida, aprendemos a enfocar o que quer que seja de modo negativo. Mesmo quando alguém nos alerta para os detalhes positivos e construtivos do nosso entorno, vivemos sempre com sentimentos de perigo e de sofrimento, prestes a nos subjugar.

A Bíblia nos garante um lar diferente. As Escrituras nos dizem que o Senhor tem o poder de reverter o destino ruim que nos cerca. Nosso compromisso, nesta conjuntura, é exercitar a nossa fé e decidir testar pessoalmente as promessas e os auxílios de Deus. Não se trata, aqui, de assumir um otimismo irresponsável, diante dos óbvios problemas da vida. Trata-se de abrir o coração para Cristo: já que Ele “venceu o mundo”, Ele tem o poder de vencer nosso abandono, nossas feridas, nosso medo.