Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Um Dia, Mil Anos  |  Pr. Olavo Feijó

2 Pedro 3:8 - ¶ Mas, amados, não ignoreis uma coisa, que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia.

Aos cristãos que se aborreciam com o “atraso” da vinda do Senhor, Pedro explicou: “não se esqueçam disto, amados irmãos: para o Senhor, um dia é como mil anos e mil anos são como um dia” (II Pedro 3:8).

Uma das razões que nos levam a ficar ansiosos e impacientes, quando se trata de esperar respostas divinas, é o fato de que vivemos no tempo e Ele existe na eternidade. Mil anos, para nós, é fantasia: para Ele, é só um momento da eternidade. Mas, quando estamos ansiosos, a espera se estica como uma “eternidade” que não chega nunca.

Por isso, a não ser que tenhamos experimentado na prática o confiar nas promessas do Senhor, esperar por Suas respostas deixa-nos impacientes, estressados, entristecidos. A misericórdia Dele certamente entende nossa impaciência e nosso sofrimento, quando as coisas não acontecem obedecendo ao nosso pequeno calendário humano. Por outro lado, mesmo tendo o direito de nos entristecermos com a “demora” das respostas, é importante abrir o coração diante Dele e chorar nossas frustrações no Seu altar. A Bíblia não quer que fiquemos a acumular culpa, pelo fato de não nos conformarmos com a postura eterna do Senhor. Um dia ou mil anos: Ele é fiel e permanecerá fiel.