Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
O orgulho de estar em Cristo  |  Pr. Olavo Feijó

Romanos 15:17 - ¶ De sorte que tenho glória em Jesus Cristo nas coisas que pertencem a Deus.

Um dos aspectos basilares, na teologia de Paulo, é o da fragilidade absoluta dos seres humanos, causada pelo poder destruidor do nosso pecado. Entretanto, o ponto essencial do ensino de Paulo é o da restauração do ser humano, quando aceita o senhorio de Jesus Cristo, o Filho de Deus. Porque, quando aceitamos o Cristo, não somente Ele nos salva: Ele também nos habilita a sermos Seus discípulos, no processo do estabelecimento do Reino de Deus. “Portanto, por estar unido com Cristo Jesus, posso me orgulhar do serviço que faço para Deus” (Romanos 15:17).

A história bíblica nos ensina que a ausência de Cristo sempre se encontra na base daqueles que se alimentam da vaidade e da autossuficiência humana. Por isso, o profeta Isaías, séculos antes, já havia definido “pecado” como tudo aquilo que nos separa de Deus (Isaías 59:2).

Como seres humanos, temos uma profunda liberdade de escolha. Podemos viver em função de Deus ou em função do pecado (Romanos 6:16). Paulo decidiu se submeter a Cristo e viver como escravo Dele. Quando lutava contra Cristo, o pecado o desfigurava. Quando decidiu ser escravo de Cristo, experimentou o orgulho de estar em Cristo. Aquilo que Paulo recomendou aos Romanos é o caminho que a nós recomenda: o presente gratuito de Deus é a vida eterna, que temos em união com Cristo Jesus, o nosso Senhor” (Romanos 6:23).