Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
De todo o coração  |  Pr. Olavo Feijó

Provérbios 3:5 - Confia no SENHOR de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento.

Quanto mais o mundo nos desaponta e nos engana, mais acreditamos na postura do “confiar desconfiando”. Dizem seus seguidores: “confiar completamente significa, quando somos enganados, um prejuízo total – ao passo que, quando não apostamos todas as fichas, no caso de perdermos, o prejuízo não nos rouba tudo”. A Bíblia, porém, diz que esta atitude não funciona, quando se trata de depender de Deus: “Confie no Senhor de todo o coração e não se apoie na sua própria inteligência” (Provérbios 3:5).

Na área da saúde, física ou espiritual, tomar um remédio só pela metade, ao invés de causar melhoras, pode desorientar os processos de reação do organismo: a estricnina, por exemplo, até uma certa dose, é um bom remédio para o coração – em uma dose mais elevada, porém, constitui poderoso veneno. Confiar, então, nos reduzidos e não especializados conhecimentos do indivíduo enfermo, passa a ser uma receita para a própria destruição.

Jesus Cristo nos afirmou que Ele veio ao mundo para curar os doentes (Lucas 5:31-32). E Filipe, que já houvera provado do poder restaurador de Jesus, quando perguntado pelo etíope sobre o batismo que o tornaria também discípulo, testemunhou – “Nada o impede, se o senhor crê de todo o coração” (Atos 8:37). Confiar no Senhor de todo o coração é o compromisso definitivo. É o salto da fé.