Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Morrer por Jesus é viver  |  Pr. Olavo Feijó

João 11:25 - Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá;

Jesus certamente sabia que Lázaro iria morrer, em função de sua doença. Mas Ele achou que a experiência dos Seus três amigos íntimos, em Betânia, seria o melhor cenário para explicar ao mundo o Seu senhorio sobre a morte e sobre a vida. O ponto mais significativo da revelação feita pelo Mestre foi: “Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em Mim, ainda que morra, viverá. Quem vive e crê em Mim, nunca morrerá. Voe acredita nisso?” (João 11:25-26).

A pergunta de Jesus não foi racional, do tipo “você entendeu isso?”. A pergunta do Senhor foi um desafio de fé?: “Você aceita isso, ao ponto de integrar suas implicações a todos os dias de sua existência?”. A realidade da ressurreição “em Cristo Jesus” impactou a vida do apóstolo Paulo de tal maneira, que ele escreveu o capítulo mais profundo e mais prático sobre a “ressurreição do corpo” (I Coríntios 15).

O segredo da vida e da morte, nos ensina Paulo, é a realidade descrita com a expressão “em Cristo”. Quando aceitamos viver “em Cristo”, nossa fé em Jesus Cristo suplanta a enfermidade espiritual da morte. Quando deixamos de amar “o mundo” e vivemos Cristo como Nosso Senhor, “morremos espiritualmente” para o mundo. Como cristãos, vivemos o paradoxo morte/vida. E experimentamos a obra do Espírito Santo, que nos habilita a morrer por Cristo ... e viver em Cristo.