Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Levítico 25 - Paixão Pela Palavra  |  Pastor Sérgio Fernandes

Levítico 25:1 - ¶ Falou mais o SENHOR a Moisés no monte Sinai, dizendo:

Orientando o povo israelita com respeito a gestão dos recursos que eles possuíam como nação, Deus institui no capítulo 25 de Levítico o ano do descanso e o ano do jubileu. A cada seis anos de produção, a nação deveria consagrar o sétimo ano para o Senhor, oferecendo um descanso para a terra. E, observando esse princípio, a cada sete sábados de anos, que totalizariam 49 anos, a nação deveria declarar o ano do jubileu, cuja finalidade era a proclamação da liberdade para toda a terra e para todos os que habitam nela. Assim como no ano de descanso, era uma oportunidade para dar descanso a terra, consagrando-o como sagrado ao Senhor.

Esses períodos solenes exerceriam um princípio pedagógico aos israelitas, ensinando-os diversos princípios que os fariam notáveis entre os povos: (1) as datas do ano do descanso e do jubileu serviriam para que a nação fixasse o pensamento no Senhor e refletissem a respeito de sua vocação. Além disso (2) tais períodos reforçariam a confiança de Israel na provisão divina, na qual Deus prometia mostrar colheitas abundantes no ano anterior ao descanso e ao jubileu para que a nação são sofresse por falta de alimentos. Observe também que (3) com essas datas solenes, Deus mostraria ao povo que a comunhão com Ele era mais importante que acumular bens e riquezas, pois em tais períodos, a nação viveria de modo mais simples e por fim (4) estabeleceria o princípio de conservação dos recursos naturais, o que garantiria a perpetuação da nação até a manifestação do Messias.