Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Levítico 09 - Paixão Pela Palavra  |  Pastor Sérgio Fernandes

Levítico 9:1 - ¶ E aconteceu, ao dia oitavo, que Moisés chamou a Arão e seus filhos, e os anciãos de Israel,

Segundo o texto de Levítico 8, a ordenação dos sacerdotes duraria sete dias (Lv 8.31-35). Foi um período de intensa disciplina e obediência, para que toda a nação tomasse ciência da responsabilidade de servir ao Senhor com integridade e dedicação. Em Levítico 9, o sacerdócio já consagrado inicia os seus trabalhos. Observe as orientações dadas para que Arão oferecesse sacrifício por si próprio e pelo povo (vv.7). Arão estendeu as mãos em direção aos israelitas, os abençoou e finalizou a primeira série de ofertas de seu sacerdócio.

A conclusão do texto nos mostra que a glória do Eterno apareceu diante da congregação e o Seu fogo consumiu o animal da oferta queimada e as porções de gordura de sobre o altar. O resultado dessa teofania foi um momento profundo de reverência e adoração (v.24).

Mas não deixe passar desapercebido que a primeira atividade ministerial de Arão foi oferecer uma oferta de perdão e um holocausto, e isso por si mesmo. Mesmo um sacerdote consagrado ainda tem pecado e precisa da graça divina. Essa realidade é cruel e saradora para todo fiel do Senhor: quanto mais tomamos consciência da santidade de Deus, mais pecadores nos encontramos e mais graça buscaremos e receberemos do Senhor. Mesmo um cristão consagrado deve apresentar-se diante do Pai por um sacrifício e, por isso mesmo, confiamos unicamente no que Cristo fez na cruz para sermos aceitos e favorecidos pelo Senhor.

Esse modelo de culto observado no AT é como um espelho para nós: (1) o adorador necessita de expiação pelo pecado (a morte de Cristo nos trazendo perdão e justificação), (2) o adorador perdoado dedica a sua vida e a sua obra ao Senhor em santa obediência (o nosso culto racional, tendo a morte voluntária de Cristo como modelo de vida) e por fim, usufrui de comunhão e paz com Deus (a nossa shalom, uma vez reconciliados com o Pai Celestial).