Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
A importância do legado histórico da Igreja  |  Pastor Sérgio Fernandes

Atos dos Apóstolos 17:21 - (Pois todos os atenienses e estrangeiros residentes, de nenhuma outra coisa se ocupavam, senão de dizer e ouvir alguma novidade).

Em Atos 17.21, somos notificados que o povo ateniense estava sempre em busca de alguma novidade. Alguns crentes de nossos dias entraram por esse caminho e estão a caça de novas revelações que preencham as suas incertezas a respeito do texto bíblico e da história da igreja. Nos últimos anos vimos surgir na igreja expressões estranhas que nunca fizeram parte do linguajar cristão apostólico. Crentes começaram a "decretar" e "profetizar", a "amarrar demônios", realizar "quebras de maldições" e a fazerem "regressões espirituais". Surgiram os apóstolos, os patriarcas, os vice Deus e acredito que em breve teremos a quarta pessoa da trindade aparecendo no arraial evangélico. Que Deus nos guarde disso!

A Igreja vem pregando o evangelho há quase dois mil anos. Nesse período, muito material foi produzido para sistematizar a doutrina cristã, preservando as gerações de erros de interpretação do texto sagrado. Recorrer a história da igreja pode nos ajudar e muito a não sermos presas de falsos mestres que, vez ou outra, tentam nos atrair a uma leitura inapropriada da Escritura. Procure aumentar sua biblioteca cristã com autores cristãos reconhecidos pela sua ortodoxia. Você já leu Agostinho? Lutero? Spurgeon? Wesley? Calvino? Não? Recorrer ao legado desses autores podem nos ajudar a compreender as bases de nossa fé e a reafirmarmos o nosso cristianismo em meio a sociedade em tempos de crise espiritual. Que o nosso cristianismo seja marcado pela solidez e relevância e não pela superficialidade que temos encontrado em muitos lugares e em muitas comunidades.