Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Isolando versos do seu contexto  |  Pastor Sérgio Fernandes

Ezequiel 7:2 - E tu, ó filho do homem, assim diz o Senhor DEUS acerca da terra de Israel: Vem o fim, o fim vem sobre os quatro cantos da terra.

A Bíblia, em sua origem, não possuía divisões. Por um período de 1500 anos, Deus inspirou cerca de quarenta autores a registrar, por escrito, aquilo que Ele desejava revelar a humanidade. Os sessenta e seis escritos foram escritos paulatinamente, refletindo o propósito de Deus dentro do tempo e das circunstâncias na qual o autor sagrado estava inserido. Apenas com a criação da imprensa os livros foram reunidos em um único volume e, somente então, a divisão em capítulos e versículos se popularizou. Isso se deu apenas para indexar e facilitar encontrarmos trechos do texto. Mas para alguns, a divisão em versículos tornou a Bíblia um livro com 31278 mandamentos a serem obedecidos. E isso, fatalmente, desvirtua o propósito de Deus para nos deixar a Escritura.

Cada versículo deve ser entendido dentro do seu contexto. Se isolarmos os textos bíblicos, iremos fatalmente criar mandamentos que não existem de fato e pregar ordenanças que não refletem o caráter de Deus e o seu ideal para a Igreja. Eu já vi irmãos pregando que a terra é quadrada, uma vez que a Bíblia afirma que o fim viria sobre os seus quatro cantos (Ez 7.2). Já vi crentes defendendo a justificação pelas obras tendo como base Tg 2.21, contrariando o ensino de toda a Escritura em que a justificação é pela fé somente (Rm 5.1; Gl 2.16). E os pregadores que, tendo como "base" Salmo 82.6, vem pregando que nós somos deuses? Que o Senhor nos ajude a, com prudência, não tratarmos a Bíblia com esse descaso e nos lançarmos em um sincero caminho de aprendizado do texto bíblico seguindo rigorosamente o seu contexto.