Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Renova um espírito estável  |  Pr. Olavo Feijó

Salmos 51:10 - Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto.

Quando nos damos conta de um pecado cometido e nos arrependemos, constatamos a importância de manter comunhão com Deus de maneira contínua. Foi exatamente esta vivência que Davi descobriu, quando reconheceu seu pecado contra Bateseba, arrependeu-se e rogou estabilidade para seu comportamento com Deus e as pessoas. “Cria em mim um coração puro, ó Deus, e renova dentro de mim um espírito estável” (Salmo 51:10).

Uma vida, na qual os altos e baixos espirituais deixam de ser exceção e viram rotina, produz uma postura constante de enfermidade espiritual. Um coração com ritmo irregular diário, independentemente de razões que o expliquem e justifiquem, revela perigo de morte. Um “espírito estável” é a consequência de atitudes e de condutas pessoais com coerência e funcionalidade. Não seria exagero dizer que uma pessoa comm espírito estável se assemelha à árvore saudável que produz frutos saborosos, na estação própria.

Como manter um espírito estável? Ao invés de ficar sempre olhando para os nossos pés, preocupados com os desvios que vão acontecendo, a técnica é não desgrudar os olhos do ponto de chegada. A estabilidade de um roteiro só acontece quando o alvo é a motivação que determina o rumo. É o mesmo que pregar duas estacas – a inicial e a final – e amarrar uma corda bem esticada conectando as duas: o estado desta corda será sempre estável, do princípio ao fim. Davi nos ensina que a estabilidade de percurso de nossa vida espiritual só depende do quanto permitimos que as disciplinas de Deus nos mantenham em nossa caminhada. Na decisão quanto ao princípio, na escolha coerente do “caminho apertado, na alegria antecipada de cada aproximação do fim.