Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Jesus e a minha profissão  |  Pr. Olavo Feijó

João 21:6 - E ele lhes disse: Lançai a rede para o lado direito do barco, e achareis. Lançaram-na, pois, e já não a podiam tirar, pela multidão dos peixes.

Pedro foi um bem sucedido profissional da pesca. Jesus entendia de carpintaria, mas nunca foi conhecido como pescador eficiente. Apesar disso, naquela noite, mesmo usando tudo o que aprendera na sua longa experiência, e sem nada pescar, aceitou a orientação profissional de Jesus. Para a surpresa geral, a rede quase se rasgou, de tanto peixe, após a orientação do Cristo ter sido aceita. “Jesus lhes disse: lançai a rede para a banda direita do barco e achareis. Lançaram-na, pois, e já não a podiam retirar, pela multidão de peixes” (João 21:16).

Qual é a relevância da orientação de Jesus Cristo, quando se trata de fazer direito os requisitos do meu ofício profissional? Qual a autoridade do Mestre, no meu laboratório de engenharia da produção, quando enfrento um grande desafio e todos esperam que eu apresente o caminho que será a “salvação da lavoura”? De que maneira devo orar sobre meus desafios profissionais, na esperança de que Cristo irá me orientar?

A coisa é complicada, mas é muito simples. Leve seu problema profissional ao Senhor. Não tente dar lições tecnológicas a Ele. Medite na leitura bíblica que fizer. E, quando sentir a orientação do Espírito de Cristo, jogue com convicção sua rede, mesmo achando que a mensagem do Senhor pareça um tanto ridícula ou absurda. Em tempo: acima de tudo, a ajuda do Senhor é qualitativa. Nem sempre nosso êxito espiritual dependerá do aumento da nossa produção. Sempre, porém, irá depender da nossa postura humilde de obedecer as orientações do Senhor.