Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Nenhum filho de Deus será condenado  |  Pr. Olavo Feijó

Salmos 34:22 - O SENHOR resgata a alma dos seus servos, e nenhum dos que nele confiam será punido.

Vivemos em um mundo de incertezas. Mas quando a Bíblia se refere ao Senhor afirma, definitivamente, que Ele sempre cumpre aquilo que promete. “O Senhor resgata a alma dos Seus servos. Nenhum dos que Nele confiam será condenado” (Salmo 34:22).

Há membros de igrejas evangélicas que, em certas ocasiões de pecado, temem pela perda de sua salvação. O famoso “pecado imperdoável” continua a perseguir a qualidade espiritual de alguns cristãos. O contexto bíblico, entretanto, deve nos tranquilizar. Primeiro, porque nossa salvação não depende de nós próprios: nossa restauração nunca dependeu dos nossos méritos. Segundo, porque Aquele que nos salva declarou, solenemente: “aquele que vier a Mim nunca será rejeitado”.

Paulo, o grande teólogo da graça de Deus, chegou a fazer uma enfática afirmação: “onde abundou o pecado, superabundou a graça”. A verdade óbvia é a seguinte: a pessoa que foi curada por um excelente médico, exatamente pela extrema competência do seu profissional, conseguiu a saúde do seu corpo. Mais ainda: se o ex enfermo seguir à risca o programa de qualidade de vida proposto pelo médico, suas chances de viver com saúde serão mais altas. Jesus é o médico dos médicos. Ele não somente nos resgatou da enfermidade do pecado, como introduziu em nossa pessoa a “vida em abundância”. O seguro de vida saudável, que recebemos do Cristo em nós, tem garantia por toda a eternidade.