Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Não darei aquilo que nada custa  |  Pr. Olavo Feijó

2 Samuel 24:24 - Porém o rei disse a Araúna: Não, mas por preço justo to comprarei, porque não oferecerei ao SENHOR meu Deus holocaustos que não me custem nada. Assim Davi comprou a eira e os bois por cinqüenta siclos de prata.

Davi assume a culpa, quanto à praga sofrida por seu povo. Orientado pelo enviado do Senhor, propõe a Araúna a compra de suas terras, visando à construção de um altar a Jeová. Araúna ofereceu gratuitamente sua propriedade. Ao que Davi respondeu: “Não! Faço questão de pagar o preço justo. Não oferecerei ao Senhor, o meu Deus, holocaustos que não me custem nada” – e comprou a eira e os bois por cinquenta peças de prata” (II Samuel 24:24).

O salmista pergunta: “Que darei ao Senhor, por todas as bênçãos que me tem dado? Tomarei o cálice da salvação e invocarei o nome do Senhor cumprirei para com o Senhor os meus votos, na presença de todo o Seu povo” (Salmo 116: 12-14).

Em outras palavras: viver como discípulo do Senhor significa um compromisso e um envolvimento pessoal. Nosso discipulado importa em não servir a dois senhores. E isso tem um preço. Dar ao Senhor o nosso coração é tornar-se alvo do ódio do mundo. Séculos depois, vale a pena seguir o conselho do rei Davi: “não oferecerei ao Senhor, o meu Deus, holocaustos que não me custem nada”.