Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Povo Infiel, Mas Deus Fiel  |  Pr. Olavo Feijó

Neemias 9:33 - Porém tu és justo em tudo quanto tem vindo sobre nós; porque tu tens agido fielmente, e nós temos agido impiamente.

Os judeus que voltaram à Palestina, após setenta anos de cativeiro na Mesopotâmia, tiveram a oportunidade de ouvir as explicações das Leis de Deus, feitas por Esdras. Após um movimento nacional de arrependimento e de renovação de promessas, ficou claro que: “Em tudo o que nos aconteceu foste justo. Agiste com lealdade, mesmo quando fomos infiéis” (Neemias 9:33).

Esta descrição do caráter do Senhor nunca mudou nada. O Deus de Esdras e Neemias continua o mesmo. Quando o apóstolo João, na sua Primeira Carta, nos ensinou que “Deus é amor”, sua declaração não destoou da maneira como Ele sempre se apresentou aos Seus filhos adotivos. O denominador comum da providência divina, desde o Gênesis até o Apocalipse, sempre nos revelou o Senhor como o Pai amantíssimo. Ele nos disciplina, exatamente porque nos ama.

A fidelidade de Deus sempre se ocupa da nossa indisciplina espiritual. Por isso, escrevendo aos Gálatas, Paulo teve o trabalho de nos esclarecer a liberdade e a libertinagem. Pela graça poderosa de Cristo, recebemos a liberdade que Deus dá aos que O aceitam. Nosso Inimigo procura nos enganar, dizendo-nos que ser livre é não se submeter à disciplina do Espírito de Cristo. Submissão à liberdade disciplinadora do Cristo sempre produz em nós alegria e qualidade profunda de vida.