Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Assim, Judá Foi Para O Exílio  |  Pr. Olavo Feijó

2 Reis 25:21 - E o rei de babilônia os feriu e os matou em Ribla, na terra de Hamate; e Judá foi levado preso para fora da sua terra.

É uma questão de causa e efeito. O texto bíblico descreve os reis de Judá como tendo se comportado do jeito “que o Senhor reprova”. Por isso, o Senhor permitiu a completa destruição de Jerusalém, por Nabucodonosor, rei da Babilônia. Como consequência final, diz o texto: “Assim, Judá foi para o exílio, para longe da sua terra” (II Reis 25:21).

Não foi por falta de aviso. Por dezenas de anos, Jeová usou o profeta Jeremias para denunciar a loucura e a desobediência espiritual do povo de Judá. Inclusive, o profeta declarou que a rebeldia do povo causaria seu cativeiro na Babilônia, durante setenta anos. Nada disso foi levado a sério pelos israelitas e pelos judeus. Desmereceram a reprimenda amorosa de Deus pelo profeta e continuaram seu comportamento de desobediência.

A Bíblia está repleta de ensinos e de avisos, mostrando-nos o caminho que nos leva à vida e o caminho que termina em morte (Mateus 7:13-14). Nosso Mestre foi mais do que claro, quando nos convidou para abraçarmos o Seu “caminho” e para experimentarmos “vida com abundância” (João 10:10). O Senhor não deseja que nossa vida termine em exílio espiritual, para longe da Sua terra. Hoje é o dia de levar a sério a Bíblia e andar sujeitos à liberdade que o Cristo nos concede.