Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Quando Fraqueza Vira Força  |  Pr. Olavo Feijó

2 Coríntios 12:9 - E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo.

O apóstolo Paulo teve o privilégio de receber do Senhor revelações extraordinárias, muito acima da compreensão humana. Entretanto, para prevenir no apóstolo uma postura de vaidade religiosa, o Senhor permitiu-lhe um “espinho na carne”, cuja real natureza nem ele explicou. Dante dos repetidos apelos para se livrar do “espinho”, o Senhor afirmou a Paulo: “Mas Ele me respondeu – A Minha graça é tudo o que você precisa, pois o Meu poder é mais forte quando você está fraco” (II Coríntios 12:9).

A “resposta” do Senhor, após três sofridas orações, não foi um mero jogo de palavra, para fugir do assunto. É como quem diz – “você só leva a sério o conhecimento, quando se dá conta da sua ignorância”. É neste contexto que entendemos uma pessoa dedicando o seu melhor, para cuidar da saúde: ela já enfrentou doença muito séria e sabe o preço de viver enfermo...

Jesus focaliza o mesmo assunto , ao escrever carta para a Igreja de Laodicéia, cujos membros diziam: “estamos bem de vida e temos tudo o que precisamos”. A fim de ajudá-los a descobrir a própria pobreza e nudez, o Senhor insistiu: “Comprem também colírio para os olhos a fim de que possam ver” (Apocalipse 3:17-18). Sem o cultivo da comunhão submissa com Cristo, vivemos a ilusão religiosa de que estamos espiritualmente ótimos. Por isso, para cada um o Senhor permite um “espinho”. Sem ele, não acreditamos na nossa dependência de Deus. Quando entregamos a Cristo nosso espinho, o Senhor nos ensina como a fraqueza espiritual vira força. Nunca nos esqueçamos da palavra do Senhor: “o Meu poder é mais forte quando você está fraco”.