Ordem Alfabética: A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   #
Sacrifícios Ou Obediência?  |  Pr. Olavo Feijó

1 Samuel 15:22 - Porém Samuel disse: Tem porventura o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do SENHOR? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros.

Jeová através de Samuel, deu ordens detalhadas a Saul sobre a destruição do perigo espiritual que os amalequitas significavam. Diante da desculpa esfarrapada de que o gado do inimigo fora poupado, para ser usado nos sacrifícios ao Senhor, “disse Samuel: O eu é que o Senhor Deus prefere: Obediência ou oferta de sacrifícios? É melhor obedecer a Deus do que oferecer-lhe em sacrifício as melhores ovelhas” (I Samuel 15:22).

Ainda que para muitos não pareça, é muito mais fácil ofertar coisas materiais a Deus. Principalmente quando damos um nome cerimonial, tipo “sacrifício” ou “dízimo”. Desde que os detalhes rituais sejam obedecidos à risca, o oferecer sacrifícios desperta uma postura de “dever cumprido”, de “estar quites com Deus”. Por outro lado, não se pode dar a alguém aquilo que já lhe pertence: foi isto que o Senhor disse, através de Ageu: “Minha é a prata e meu é o ouro” (Ageu 2:8).

Que é, então, que podemos dar ao nosso Deus? Após reconhecer que o Senhor não se alegra com sacrifícios, declarou o rei Davi: “Ó Deus, o meu sacrifício é um espírito humilde. Tu não rejeitarás um coração humilde e arrependido” (Salmo 51:17). O resumo de Jesus é simples: “Se vocês me amam, obedeçam aos Meus mandamentos” (João 14:15).